Pesquisar este blog

BATATAS RECHEADAS

Esta é uma receita do Daniel Bork, apresentador do programa de culinária "Dia Dia" da Band. Mas esta receita faz muito tempo que o vi preparando em seu programa quando ainda era "Receita Minuto". É muito fácil de fazer e ótima para aqueles dias que a sua geladeira está cheia de coisas que você nem sabe o que fazer com elas. Faça esta batata, é fácil e fica uma delícia! O interessante das receitas do Daniel Bork é que ele te dá opções de ingredientes: se não tiver tomate, use molho, se não tiver queijo mussarela, use prato e assim por diante. Com o Edu Guedes e a Palmirinha Onofre também é assim, por isso que gosto de acompanhá-los.

Batatas Recheadas
(by Daniel Bork)

Ingredientes:
- 500g de batatas cruas descascadas e cortadas em rodelas
- 100g de presunto em cubos, em tirinhas ou fatiado
- 1/2 xícara (chá) de azeitonas verdes picadas
- 1 xícara (chá) de queijo cremoso (requeijão ou catupiry)
- 4 tomates sem peles e sem sementes cortados em cubos ou molho de tomate em lata ou tomate seco
- 1 colher (sopa) de alecrim ou cheio verde
- 200g de queijo ralado (mussarela, prato ou parmesão)
- manteiga para untar

Modo de preparo:
Unte um refratário com manteiga e coloque as batatas (se quiser coloque 2 ou 3 pitadas de sal sobre as batatas). Coloque todos os outros ingredientes sobre as batatas deixando por último o queijo ralado. Cubra o refratário com papel alumínio (lado brilhante por cima do alimento) e coloque em forno médio preaquecido a 180ºC por 30 minutos. Tire o alumínio e deixe dourar.

Dicas da Si:
- Eu sempre gosto de dar uma cozinhada de leve nas batatas antes de levar ao forno, assim evita surpresas do tipo " ai, a batata ainda está crua" ainda mais se você cortar rodelas grossas. Neste caso o tempo de forno diminui para 20 minutos no papel aluminío.
- Você pode substituir o presunto por sobras de carne ou de frango assados.
- Você pode também colocar por cima do presunto a mussarela e depois que tirar o papel alumínio salpique queijo parmesão ralado e deixe no forno até gratinar.


FILÉ DE FRANGO ASSADO COM BACON E LEGUMES

Esta receita, na verdade, não tem nada de diferente, com exceção do nome que é grande, é super fácil de fazer e sabendo combinar temperos e ingredientes fica um belo prato de domingo.

Filé de Frango Assado com Bacon e Legumes
(by Si)

Ingredientes:
- 4 filés de frango
- 4 fatias de bacon
- margarina para untar

- 1 batata grande cortada em cubos
- 1 cenoura grande cortada em rodelas
- 1 colher (sopa) de margarina ou manteiga
- palmito e azeitonas verdes a gosto
- alho e cebola picadinhos a gosto
- sal e orégano a gosto

Modo de preparo:
Tempere os filés de frango a gosto, coloque-os numa forma ou refratário untado com manteiga ou margarina. Coloque as fatias de bacon sobre cada filé. Envolva a forma com papel alumínio e leve ao forno preaquecido a 180ºC por 20 minutos. Retire o papel alumínio e deixe assando até que o frango doure (mais ou menos uns 30 minutos).
Cozinhe a batata e a cenoura até ficar "al dente". Reserve.
Numa frigideira aqueça a margarina, refogue o alho e a cebola e acrescente os legumes reservados. Deixe até que doure, virando os legumes para que doure todos os lados. Antes de dourar completamente acrescente o palmito, as azeitonas, o sal, o orégano e por último o cheiro verde desligando o fogo em seguida.
Monte o prato: coloque os filés de frango com bacon e os legumes em toda a volta dos filés.
Este prato serve duas pessoas.

Dicas da Si:
- Vá dobrando a receita de acordo com o tamanho de sua família.
- Depois que você retirar o papel alumínio, deixe os filés assando 15 minutos de um lado e 15 minutos do outro, mas fique atenta para não assar demais, senão eles ficam ressecados, principalmente se os filés estiverem cortados mais finos.
- Quando os legumes estiverem dourando  na manteiga, não mexa com a colher para que eles não se "quebrem", vá virando a frigideira de um lado para o outro, "jogando" os legumes para que eles virem sozinhos. Isto requer prática, faça com cuidado para que os legumes não caiam pelo fogão.
- Não cozinhe os legumes demais para que eles não desmanchem na hora de dourar na manteiga.
- Se você tiver a panela a vapor, deixe por aproximadamente 12 a 15 minutos, para esta quantidade de legumes da receita.
- Você pode também acrescentar ervilha, brócolis ou outro legume de sua preferência. 




BOLO DO ALÉM

Eu vi a história deste bolo no programa Mais Você e achei interessante e intrigante, rs. É mais ou menos assim: "a mãe fazia sempre este bolo em casa e toda a família adorava, principalmente a filha , que escreveu para o programa contando esta história. Mas um dia a mãe faleceu e não deixou a receita por escrito para ninguém. E a filha, com o passar do tempo, tinha muita vontade de comer este bolo mas não sabia como fazer. Um dia ela sonhou com a mãe e no sonho a mãe fazia este bolo e quando ela acordou lembrou de todo o sonho e rapidamente anotou a receita e no mesmo dia ela fez o bolo e, segundo ela, é igualzinho ao que a mãe fazia." Gostou da história? Então faça o bolo que você vai gostar mais ainda! =)

Bolo do Além
(by Ana Maria Braga - telespectadora)


Ingredientes:
- 4 ovos
- 1 colher de sopa de margarina
- 1 copo de açúcar (copo de requeijão)
- 1 copo de farinha de trigo (copo de requeijão)
- 1 copo de fubá (copo de requeijão)
- 1 vidro de leite de coco
- 1 colher de sopa de fermento

Modo de Preparo:
Bata as gemas com a margarina e o açúcar até formar um creme (de preferência com colher de pau). Depois misture, aos poucos, a farinha de trigo e de fubá alternando com o leite de coco. Bata as claras em neve, junte à massa e por último coloque o fermento mexendo com delicadeza fazendo um 8 para ficar aerada.
Coloque numa forma de buraco no meio e asse em forno pré-aquecido a 200º até ficar dourado.

Dicas da Si:
- 1colher (sopa) de margarina equivale a 40g.
- Eu já usei copo de requeijão como diz a receita e também já usei 1 xícara (chá) bem cheia, também dá certo.
- Já usei colher de pau e já usei a batedeira para fazer esta receita, a vantagem de usar a batedeira é que você não fica com dor no braço, rs.
- Se você for usar a batedeira, mas não tem dois batedores, bata primeiro as claras em neve e reserve, depois bata os outros ingredientes sem precisar tirar os batedores para lavar.
- O tempo de forno foi de aproximadamente 40 minutos.


TORTA FÁCIL

Esta torta é muito prática, fácil de fazer, gostosa e ótima para servir de lanche.

Torta Fácil
(by Palmirinha)


Ingredientes:
Massa:
- 2 xícaras (chá) de leite
- 3 ovos
- 1/2 xícara (chá) de óleo
- 1 colher (café) de sal
- 2 xícaras (chá) de trigo
- 1/2 xícara (chá) de maisena
- 1 colher (sopa) de fermento em pó
Bata tudo no liquidificador e reserve.

Recheio:
- 1 cebola picadinha
- 2 tomates sem pele e sem sementes
- 2 latas de atum
- 1 lata de seleta de legumes
- 1 xícara (chá) de cheiro verde
- 1/2 xícara (chá) de azeitonas

Unte uma forma retangular e coloque metade da massa, em seguida coloque o recheio e cubra com o restante da massa. Polvilhe com queijo ralado e leve ao forno preaquecido a 200ºC por 20 minutos.

Dicas da Si:
- Você pode variar o recheio de atum, frango ou presunto e queijo.
- Quando fiz de atum, eu bati junto com a massa um pouco de queijo minas padrão ralado e também usei no recheio, deu um sabor especial, você pode substituir por mussarela.
- No meu forno deu um tempo de 40 minutos assando.
- Você pode substituir a seleta por ervilha e milho.
- No recheio de frango você pode acrescentar catupiry e no de presunto e queijo você pode colocar orégano. Use a sua imaginação e crie à vontade.

Recheio de atum

FONDUE - RECEITAS

Saiba agora como preparar uma deliciosa fondue, aproveite estes dias de friozinho. =)

As receitas da fondue de queijo postadas aqui são muito boas e muito saborosas, tudo vai depender do seu tempo (R$), rs.

Fondue de Queijo Especial
(by Si)

Ingredientes:
- 200g de queijo gruyere ralado grosso
- 200g de queijo emmenthal ralado grosso
- 200g de queijo estepe ralado grosso
- 1 taça de vinho branco seco 
- 1 dente de alho
- Orégano, noz-moscada a gosto
- Pão francês ou italiano cortado em cubos

Modo de preparo:
Em uma panela, passe um dente de alho em todo o seu interior. Leve ao fogo e acrescente aos poucos os queijos e deixe até derreter, mexendo de vez em quando. Quando derreter os queijos, acrescente a taça de vinho branco, ao encorpar a massa, coloque o orégano e a noz moscada. Transfira para a panela de fondue e leve para aquecer no rechaud. Espete o pão no garfinho e mergulhe na massa de queijo.

Dicas da Si:
- Você pode variar os tipos de queijo, fazendo combinações entre eles: gruyere, emmenthal, brie e estepe (são os mais usados para o preparo da fondue).
- A textura da massa você vai perceber na hora de colocar o vinho branco, por isso coloque aos poucos, se preferir uma massa mais encorpada coloque menos vinho, para uma massa mais rala use mais vinho, lembrando que a massa mais rala não adere muito bem ao pão.
- Tem pessoas que usam maisena para engrossar a massa, mas para esta receita com queijos finos eu prefiro não usar.

Fondue de Queijo Tradicional
(by Edu Guedes)

400 g de queijo tipo gruyere ralado
400 g de queijo tipo emmenthal ralado
1 dente de alho descascado
2 xícaras (chá) de vinho branco seco
3 colheres (sopa) de Kirsch (opcional)
1 colher (sopa) rasa de fécula de batata
Noz moscada a gosto

Em uma tigela, misture os queijos. Reserve. Esfregue o dente de alho por toda a panela e retire-o. Despeje o vinho branco e, aos poucos, coloque a mistura de queijos, a fécula de batata, sem parar de mexer, no fogo baixo até obter um creme liso. Acrescente a noz moscada, misture até que fique homogêneo. Acrescente o Kirsch e leve à mesa.

Dica do Edu:
Você pode substituir o Kirsch por conhaque.

Dicas da Si:
- Nesta receita eu não usei o kirsch e nem a fécula de batata. Eu usei o vinho branco e fiz como a outra receita do Fondue Especial, fui acrescentando o vinho aos poucos até chegar na consistência desejada.
- No lugar da noz-moscada eu usei o orégano.

Fondue de Queijo Econômico
(by Edu Guedes)

1 dente de alho
2 xícaras (chá) de leite
1 tablete de caldo de legumes
2 colheres (sopa) de amido de milho
½ xícara (chá) de água
1 xícara (chá) de queijo tipo parmesão ralado
1 xícara (chá) de queijo tipo minas padrão ralado
½ xícara (chá) de vinho branco seco
1 pitada de noz moscada

Esfregue o dente de alho por toda a panela e retire-o. Em seguida, coloque na panela o leite, o caldo de legumes e leve ao fogo até que dissolva. Junte o amido de milho dissolvido na água, os queijos ralados e, mexendo sempre, deixe apurar no fogo baixo até que fique homogêneo e os queijos derretam. Por fim, coloque o vinho branco, a noz moscada, misture e sirva com pão italiano cortado em cubos.

Dicas da Si:
- Coloque o vinho aos poucos do mesmo modo que as outras receitas, assim você vai vendo a textura da massa que deseja. Massa mais grossa, menos vinho, massa mais rala, mais vinho.
- Esta receita é ótima para aqueles dias que você não quer gastar muito. O custo desta receita comparada com as outras acima é bem menor e o sabor surpreende. Experimente!
- Você pode também comprar o fondue de queijo pronto, que vem em caixas, basta aquecer e acrescentar o vinho. O mercado oferece boas marcas, de boa textura, porém, o sabor é bem acentuado, pois a maioria delas contém queijos de sabores fortes como o parmesão e o prato. Faça você mesma a sua fondue, o trabalho maior é só na hora de ralar os queijos, o restante é tranquilo.




Fondue Especial (de Chocolate)
(by Mini Cozinha - Sabor de Chocolate, Ed. Melhoramentos)

Ingredientes:
- 400g de chocolate em barra
- 1 xícara (chá) de creme de leite
- 1/4 de xícara de conhaque
- uvas tipo itália, pedaços de maçã, pera ou pêssego, rodelas de banana, morangos, frutas em calda, biscoitos de amêndoas (amareto) e champanhe.

Modo de fazer:
Pique fino o chocolate ou rale com a parte grossa do ralador e coloque na panela para fondue. Ponha-a sobre o rechaud aceso e vá mexendo com uma espátula e adicionando o creme de leite  enquanto o chocolate derrete. Adicione também o conhaque e continue mexendo até perceber que a mistura está lisa e uniforme. Arrume as frutas e os biscoitos em torno da panela e sirva o fondue imediatamente. Cada pessoa deve espetar o acompanhamento escolhido como garfo apropriado e mergulhá-lo no chocolate.

Dicas da Si:
- Desde a primeira vez que fiz fondue de chocolate, nunca usei conhaque e sim vinho branco, mas teve um ano que meu marido não estava bebendo vinho, aí não usei o vinho e achei que ficou mais gostoso, por isso não uso mais.
- Se você tiver um processador é mais fácil na hora de ralar o chocolate.
- Como os meus convidados variam entre 10 e 12 pessoas, contando comigo e meu marido, eu compro aquelas barras de 1kg da Nestlé ou da Garoto ao leite, mas prefiro Nestlé. E para uma barra de 1kg eu uso 2 caixas de creme de leite. Dá tranquilo e ainda sobra um pouco (para quem gosta de ficar "rapando" a panelinha no final, assim como eu, vai se deliciar, mas não seja muito afoita senão vc pode passar mal como eu passei em 2008, tive uma "overdose" de chocolate, meus amigos lembram disso até hoje, rsrsrsrs).
- A fruta que mais as pessoas gostam é o morango, por isso procure comprar em maior quantidade do que as outras frutas. A banana é a fruta que as pessoas comem menos. As frutas que mais compro são: uva itália, morango, banana e abacaxi. Já usei kiwi também, mas quase ninguém comeu.
- Nunca coloquei biscoitos como acompanhamento, deve ficar bom também.



Embora não faço mais fondue de carne, mas vou postar caso você queira fazer um dia.

Fondue de Carne
(by Si)

A fondue de carne não tem segredo, basta você colocar óleo na panela para fondue, coloque sobre o rechaud e quando o óleo estiver bem quente, você espeta a carne com o garfinho e mergulha no óleo, quando a carne estiver no ponto que você deseja (mal passada ou bem passada), tire do óleo e passe no molho de sua preferência.
O molho pode ser de mostarda, cat chup, rosé... até farinha de mandioca! rsrsrsrs
Certa vez fiquei a tarde inteira preparando os molhos e estavam todos comendo com a fondue de carne, aí chega o meu marido com um pratinho de farinha de mandioca... ninguém mais quis comer os molhos, todos preferiram a farinha :P :P
Para a fondue de carne, prefira o óleo de Canola, pois dá menos cheiro, mas mesmo assim empesteia a sua casa de gordura. Se for fazer, faça em local aberto.
Na hora de mergulhar a carne no óleo tome muito cuidado, pois espirra gordura e você pode se queimar, por isso evite colocar sal na carne, assim espirra menos. Tempere a carne depois de frita usando os molhos ou o tempero de sua preferência.
Para qualquer tipo de fondue, queijo, carne ou chocolate, sempre coloque pratinhos de sobremesa como aparador.

Foto da internet


Molhos:

Molho rosé:
- 3 colheres (sopa) de catchup
- 2 colheres (sopa) de creme de leite
- 1/2 xícara de leite
- 1 colher (sopa) de queijo parmesão
- 3 colheres (sopa) de maionese
- Sal a gosto

Coloque o catchup, o creme de leite, o leite, o queijo e o sal em uma panela e mexa vigorosamente para não encaroçar, junte a maionese. Deixe cerca de 5 min no fogo para cozinhar a maionese.

Molho de mostarda:
- Sal a gosto
- 4 colheres (sopa) de azeite
- 1 colher (sopa) de mostarda
- 3 colheres (sopa) de vinagre de vinho branco
- Pimenta-do-reino a gosto
 
Bata todos os ingredientes até obter  um creme.
 
Molho Shoyu
- 1 xícara (chá) de caldo de carne
- 2 a 3 colheres (sopa) de shoyu (molho de soja)
- 1 colher (sopa) de maisena
 
Leve ao fogo uma panela com o caldo de carne e o shoyu, quando levantar fervura acrescente a maisena dissolvida em um pouco de água fria, mexa até engrossar o molho.

AMIGOS DO FONDUE!


Olá gente! Passei dias e dias sem postar uma receita... desculpe-me! Mas neste meio tempo aconteceram tantas coisas, mas sempre dormia e acordava pensando nas tantas receitas e dicas que ainda tenho para postar aqui. E como o tempo passa, aliás ele voa e quando a gente para pra pensar, se dá conta do quanto fizemos, do quanto deixamos de fazer e do quanto ainda temos para fazer e é nesta hora que precisamos planejar melhor o nosso tempo para não ficarmos ociosos demais e nem atarefados demais. Bem, mas não vamos perder tempo falando do tempo, rs, vamos ao que interessa.
Eu tenho um grupo de amigos muito especial que tenho o prazer de recebê-lo em minha casa.  E neste grupo tem um amigo muito querido que ama chocolate assim como eu e um dia, conversando, combinamos de fazer uma noite do fondue, isso foi em 2007 e desde então, todo ano, nos reunimos para celebrarmos a nossa amizade e saborear deliciosos fondue de queijo e o "ouro" da noite, o fondue de chocolate. E batizamos este nosso encontro de "Amigos do Fondue", que este ano completou 4 anos.
E como o fondue é um prato quente deve-se consumi-lo no inverno e é por isso que procuramos nos reunir entre os meses de junho e julho. O ano passado, devido as agendas lotadas, não foi possível realizar o nosso encontro no inverno, então nos reunimos em outubro, mais precisamente no dia 31 de outubro, mas não foi uma ideia tão boa assim, já que estava um dia quente e pra quem fica no fogão dando o ponto do fondue de queijo, no caso eu, rsrs, não é nada agradável, até mesmo na hora da degustação... comer comida muito quente em dia quente não é legal. Mas valeu como experiência, principalmente porque reunir bons amigos é sempre muito prazeroso.
Mas vamos falar um pouco do fondue, que na verdade, é uma palavra feminina, ou seja é a fondue, porque vem da palavra "fundida", prato à base de queijo aquecido sobre um rechaud (se pronuncia rechô, espécie de fogareiro de metal, prata ou inox usado em restaurantes para flambar sobremesas ou até preparar pratos rápidos à frente do cliente). Como já me habituei, acabo dizendo tudo no masculino, mas o correto é dizer a fondue e o correto seria também dizermos "Amigos da Fondue".
A palavra fondue vem do francês "fondre" que significa derreter e se pronuncia com " i " no final fondi, mas o " i " deve ser pronunciado de forma bem sutil, é só fazer o "biquinho" dos franceses que tudo dá certo, rs.
Fondue é um prato de origem Suíça e há quem diga que foi inventada por pessoas que viviam nos alpes suíços, mas naquela época o queijo usado na fondue era muito caro (e é até hoje, pelo menos aqui no Brasil) o que ficava fora do alcance da maioria das pessoas que viviam nas montanhas, sendo assim, somente as pessoas mais ricas e que viviam nas cidades é que podiam desfrutar desta iguaria. E o mais curioso é que lá, na Suíça, desde os meados dos anos 50 até os dias de hoje, a fondue é considerada "coisa de homem", porque foi introduzida na cozinha do exército suíço, tornando-se assim conhecida dos soldados que levaram a receita para as suas casas. Além da fondue de queijo, há outras variações como o de chocolate e o de carne. Uma vez fiz o de carne, mas pra ficar bom deve-se usar carne de primeira como o filé mignon, mas nem foi por isso que não fiz mais o de carne. É que quando você mergulha a carne naquele óleo quente levanta uma fumaça que empesteia a casa inteira, agora imagina 12 pessoas fazendo isso ao mesmo tempo! (12 foi o número de pessoas que estavam em casa naquele dia). Aí desisti de fazer o de carne, agora só faço o de queijo e chocolate.
E este ano, no dia 24 de julho realizamos o 4º Encontro dos "Amigos do Fondue". Confira as fotos:

Antes da fondue, uns petiscos.


Fondue de chocolate 




 Fondue de queijo




"Amigos do Fondue"


Este ano tivemos o prazer de receber mais um amigo querido...




Que Deus abençoe este grupo de amigos queridos, para que possa cada vez mais crescer como verdadeiros amigos de  fé, caminhada e, claro, de fondue, rsrs.

*Saiba como fazer as receitas de fondue. Vá em "Fondue - Receitas".*

Bjss no coração,

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
VIVENDO E APRENDENDO © Copyright 2012. Desenvolvido por Elaine Gaspareto