O que você procura?

QUARESMA, TEMPO DE CONVERSÃO!

Foto da internet
Quaresma... tempo de conversão, reflexão, meditação, tempo de rever nossas ações, nossas atitudes, reconhecer nossos pecados... mas qual é o real significado de quaresma?

Quaresma em latim significa "quadragésima", período que compreende os quarenta dias que antecedem a maior festa cristã: a Páscoa, morte e ressurreição do Nosso Senhor Jesus Cristo. Durante 40 dias Cristo orou e jejuou antes de enfrentar as investidas e tentações do demônio no deserto. Assim nós, cristãos, a exemplo de Cristo também devemos aproveitar este tempo em preparação para enfrentarmos as tentações que o mundo hoje nos apresenta. E sãos tantas as tentações que se não tivermos fortalecidos e preparados somos alvos fáceis às derrotas e destemperanças da vida.


Na Quarta-Feira de Cinzas, o padre  faz o gesto da cruz na testa dos fiéis com as cinzas, sinal este para lembrarmos que do pó viemos e ao pó retornaremos. As cinzas simbolizam também penitência e todo aquele marcado na fronte pelas cinzas se compromete com Deus e principalmente consigo mesmo a reconhecer seus pecados e a uma mudança de vida baseada nos ensinamentos de Cristo. Mas você pode estar se perguntando, de onde vem essas cinzas? As cinzas são feitas dos ramos utilizados no ano anterior no Domingo de Ramos, os ramos são queimados originando assim as cinzas que no ano seguinte são usadas na Celebração da Quarta-Feira de Cinzas. E enquanto o Sacerdote e/ou Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão faz o sinal da cruz com as cinzas na fronte dos fiéis ele diz: "Convertei-vos e crede no Evangelho!"

Vamos aproveitar este tempo, parar um pouco a locomotiva que é nossa vida, mesmo que você não queira ou não possa por questões de trabalho, não precisa colocar o pé totalmente no freio, mas diminua um pouco a velocidade, faça um propósito pra você mesmo, tipo: "hoje eu não vou assistir TV!" Faça isso pelo menos por um dia, não precisa fazer os quarenta dias, se fizer ótimo, mas pelo menos um dia nesta quaresma, pare um pouco, volte seus pensamentos para dentro de si mesmo, abra o seu coração e seja sincero consigo mesmo e se liberte de tudo aquilo que te aprisiona, que te escraviza, que te faz mal, ou então, eleve os seus pensamentos a Deus e peça à Ele que te ajude a se libertar de todos os males, pois muitas vezes fazemos coisas e não nos damos conta de que aquele gesto ou aquele modo de viver não está sendo bom para nós, mas Deus sabe o que é bom para nós, para a nossa vida, Ele sabe, tenha a certeza disso. Você só precisa abrir o seu coração e deixar Deus agir. Confie nEle!

Na quaresma também a igreja nos propõe a refletirmos sobre a Campanha da Fraternidade que este ano tem como tema: "Fraternidade e Saúde Pública" e como lema: "Que a saúde se difunda sobre a terra." Todos sabem a situação caótica que se encontra a saúde pública no Brasil, o descaso, a falta de profissionalismo, enfim, nem vou entrar no mérito da questão, mas é preciso fazer algo, do jeito que está não pode continuar, por isso a preocupação da igreja com este assunto. Por isso rogamos a Deus pela saúde do nosso povo, sobretudo pelos nossos governantes que dê condições de uma vida mais digna para todos.

Vamos todos numa só voz agradecer a Deus pela nossa vida e pedir a Ele que nos ilumine e nos conduza pelos caminhos retos, pois se muita coisa foge do nosso alcance pelo menos podemos orar, orar sem cessar, pois tudo pode ser mudado pela oração, basta ter fé!

Oração da Campanha da Fraternidade 2012:
Senhor Deus de amor,
Pai de bondade,
nós vos louvamos e agradecemos
pelo dom da vida,
pelo amor com que cuidais de toda a criação.

Vosso Filho Jesus Cristo,
em sua misericórdia, assumiu a cruz dos enfermos
e de todos os sofredores,
sobre eles derramou a esperança de vida em plenitude.

Enviai-nos, Senhor, o Vosso Espírito.
Guiai a vossa Igreja, para que ela, pela conversão
se faça sempre mais, solidária às dores e enfermidades do povo,
e que a saúde se difunda sobre a terra.

Amém.


Deus abençoe a todos!
Sileni


Este post teve a colaboração do meu marido Edson Almeida.

CARNAVAL, FESTA DA ALEGRIA… DA ALEGRIA!

Eu sempre gostei de carnaval, lembro-me de quando era criança íamos eu, meus pais, meus irmãos para a avenida carnaval para ver os desfiles dos blocos e escolas de samba aqui de Guaratinguetá. Naquela época as arquibancadas não tomavam conta totalmente da avenida como hoje, o que separava o povo dos foliões era uma corda e a gente levava cadeiras e tapetes para sentar nas beiradas das calçadas, era tudo uma brincadeira inocente e muito, mas muito divertida. Eu me lembro que após cada desfile das escolas de samba pela avenida, alguns foliões deixavam cair plumas e às vezes pedaços de fantasia se perdiam pelo chão e a criançada corria para pegar, me lembro também dos confetes e serpentinas que jogávamos neles. Entre uma escola e outra tinham aquelas pessoas que se encapuzavam e saiam pulando e batendo panelas e latas pela avenida, homens vestidos de mulher e de bebês com aquelas fraldas imensas, eram muito engraçados, mas eu morria de medo dos foliões com capuz na cabeça que vinham pra cima de mim, eu corria para os meus pais, escondendo-me atrás deles. Mas ao final de tudo era muito gostoso, que saudades…


Hoje já não participo mais do carnaval como antes, já não brinco mais o carnaval como antes, já não o vejo mais com os mesmos olhos de antes. Por quê? Ah, sei lá, pra mim perdeu a graça, muito tumulto, muitas pessoas sem noção, sem consciência, sem responsabilidade... Prefiro ficar quietinha, num lugar tranquilo, longe de bagunça, confusão… acho que fiquei traumatizada com alguns fatos que aconteceram comigo no carnaval, como a vez que eu e o marido (éramos namorados ainda) fomos perseguidos por dois caras na avenida quando já estávamos indo embora e quase fomos assaltados, foi por muito pouco, apertamos a campainha de uma casa qualquer, ligamos pra polícia, mas eles correram, fiquei muito assustada neste dia. Mas olhando pelo lado bom, o carnaval é extravasar alegria sim, é liberdade de expressão, de sentimento… mas tudo com muita consciência e responsabilidade, certo?

Feliz carnaval a todos!!!
Sileni

Fotos do Carnaval de Guaratinguetá atualmente




Dedico este post ao meu querido pai que gostava muito de carnaval e sempre nos levava para ver o desfile das escolas de samba na avenida. Saudades…

DE VOLTA PRO MEU ACONCHEGO!


É com o coração cheio de alegria que anuncio a minha volta ao mundo da blogosfera. A saudade foi tanta que não teve jeito, disse adeus ao trabalho e voltei muito feliz para a minha casa, para a minha cozinha e para este cantinho que tanto AMO!

Trabalhar estava sendo muito bacana até que… surgiram uns “ratinhos” que começaram a roer de forma cruel os pilares que sustentavam tudo aquilo que eu acreditava estar sendo bom para o crescimento da empresa. Tudo bem que eu não dei chance para o pessoal da desratização dar um jeito neles, mas de uma certa forma foi até bom e eu só tenho que agradecer a esses “ratinhos”, pois eles me fizeram enxergar que a vida é feita de escolhas e eu escolhi ser feliz. E ser feliz pra mim é não me estressar, não me desgastar, não me aborrecer… ser feliz pra mim é estar longe de tudo aquilo que faz a sua cabeça pesar sobre o travesseiro por causa de fatos e acontecimentos que te fazem perder noites e noites de sono pensando se realmente valem a pena passar na vida. Era o que estava acontecendo comigo. Duas situações estavam me tirando o sono: o fato de eu abrir mão de algumas coisas que eu gostava de fazer a favor do trabalho e coisas que eu não gostava de fazer mas precisava fazer também a favor do trabalho, neste caso, não estou dizendo do serviço que eu fazia, do trabalho propriamente dito, mas de passar por certas situações e certas pessoas que me deixavam totalmente pra baixo, ao final de tudo parecia que tinha uma nuvem negra gigantesca sobre a minha cabeça chamada TRABALHO. Para tudo!!! Foi como se eu estivesse dentro de um ônibus que me levava para o desconhecido, até que decidi não ir mais por aquele caminho, dei sinal e desci do ônibus e voltei diretamente para a minha casa feliz da vida. Em algum momento senti que fui covarde, mas no fundo é preciso muita coragem para dar um grito e dizer basta! E eu gritei, gritei muito… foi um misto de sentimentos, tristeza de olhar para trás e ver os “ratinhos” acabando com aquilo que eu acreditava (profissionalmente falando) e feliz de olhar pra frente e enxergar o horizonte, o meu destino, o meu ponto de chegada e partida. E assim estou de volta para o lugar de onde nunca deveria ter saído, o aconchego do meu lar, da minha casa, do meu cantinho que chamo de Vivendo e Aprendendo a Cozinhar e mais feliz do que nunca digo: “sou dona de casa sim, feliz, muito feliz!”

No post “Mudanças a Vista”, lá no final eu disse que se tudo desse certo com o blog haveria mudanças, mas infelizmente com o trabalho, o blog ficou totalmente inerte e elas não aconteceram, mas agora estou tentando retomar tudo de onde parei e começo com essas mudanças, aguardem!!!

Agradeço demais o carinho dos amigos, da minha família e principalmente do meu marido e de todos que me apoiaram na minha decisão, muitos me pediram para eu voltar para a minha cozinha, para o meu blog e aqui estou!!! O bom filho a casa torna, eis-me aqui! Agradeço também as amigas blogueiras que me enviaram e-mails e deixaram recados de apoio e carinho, obrigada, vocês são maravilhosas, AMOOOO!!!!

Beijo no coração
Sileni

Foto da internet

PS: O blog estará passando por uma transformação nos próximos dias, não sei quanto tempo levará para que tudo fique pronto e aí sim voltarei com as postagens que estou preparando com muito carinho para vocês. =))

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
VIVENDO E APRENDENDO © Copyright 2012. Desenvolvido por Elaine Gaspareto