O que você procura?

TEMPEROS CASEIROS



Olá amigos, bom dia!

Vocês têm o hábito de ler as embalagens dos produtos quando vão às compras no supermercado? Eu não tinha esse hábito! A única coisa que eu observava era a data de validade e só! Porém, depois que descobri a minha intolerância à lactose (IL) e tendo que tomar o máximo de cuidado para não ingerir produtos que contém leite e seus derivados, passei a ler todos os rótulos das embalagens de cabo a rabo e de trás pra frente, rs. Todo o cuidado ainda é pouco! E nessa minha maratona de ler o rótulo das embalagens, descobri que alguns caldos industrializados do tipo: caldo de carne, de galinha, de legumes... algumas marcas trazem a descrição "pode conter leite"! E como eu estava naquela fase de não saber ainda se eu tinha alergia ao leite (APLV) também, passei a evitar tudo que se referia a leite! E não é só isso!! Tantos os caldos como os temperos industrializados têm uma quantidade de sódio e do tal glutamato monossódico, que é o realçador de sabor, tão alta que não vale a pena investir! E na tentativa de evitar qualquer aborrecimento contra a minha saúde, seja por causa do leite ou do sódio em excesso nos produtos, resolvi eu mesma preparar os meus próprios temperos. 

A princípio, fiquei insegura, pois o sabor dos meus pratos iam mudar totalmente! Será que vai agradar? Pensei!! E que feliz tentativa, gente!!! Os meus primeiros pratos feitos com os temperos caseiros ficaram deliciosos e só de pensar que foram feitos de uma forma mais saudável, sem excesso de sódio e livre do glutamato monossódico me deixou radiante!! Comprar temperos e caldos industrializados em supermercados? Nunca mais!!!

A receita dos temperos caseiros foi adaptada do canal do Youtube Diário de Família . Nos vídeos ela ensina vários tipos de temperos, mas eu preparei somente os que mais uso aqui em casa que são os temperos para carne, aves e legumes.

TEMPERO PARA CARNES:

Ingredientes:
1) 2 colheres (sopa) de colorau ou colorífico
2) 1 colher (sopa) de alho desidratado
3) 1 colher (sopa) de cebola desidratada
4) 2 colheres (sopa) de cheiro verde desidratado
5) 1 colher (sopa) de orégano
6) 1 colher (sopa) de louro em pó


Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador ou processador.


Coloque a mistura em potes para temperos (eu usei de vidro, pois conserva melhor)

Essa quantidade foi o suficiente para encher o recipiente

Coloque etiqueta identificando o tempero


Coloque a data de validade que será a mesma da erva usada no preparo do tempero que vencer primeiro. No meu caso, o cheiro verde desidratado vai vencer primeiro (maio/2018), então, esta será a data de validade do meu tempero para carnes.


Eu não fiz o passo a passo das receitas seguintes, porque o procedimento é o mesmo, só muda algumas ervas.

TEMPEROS PARA AVES

Ingredientes:
3 colheres (sopa) de cheiro verde desidratado
1 colher (sopa) de colorau ou colorífico
1 colher (sopa) de páprica doce
1 colher (sopa) de alho desidratado
1 colher (sopa) de cebola desidratada
1 colher (sopa) de cominho

Modo de preparo: Bata tudo no liquidificador ou processador.


Coloque a mistura num recipiente para temperos.


Coloque etiqueta identificando o tempero.


Coloque a data de validade que será a mesma da erva usada no preparo do tempero que vencer primeiro. No meu caso, o cheiro verde desidratado vai vencer primeiro (maio/2018), então, será esta a data de validade do meu tempero para aves.


TEMPEROS PARA LEGUMES

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de cúrcuma ou açafrão-da-terra (usei açafrão-da-terra)
1 colher (sopa) de alho desidratado
1 colher (sopa) de cebola desidratada
2 colheres (sopa) de cheiro verde desidratado
1 colher (chá) de pimenta do reino moída (não usei)

Modo de preparo: Bata tudo no liquidificador ou processador.


Coloque a mistura num recipiente para temperos.


Coloque etiqueta identificando o tempero.


Coloque a data de validade que será a mesma da erva usada no preparo do tempero que vencer primeiro. No meu caso, o açafrão-da-terra vai vencer primeiro (março/2019), então, será esta a data de validade do meu tempero para legumes. A data de validade eu coloco sempre no fundo do recipiente.


Neste dia que preparei os temperos, eu preparei também caldo de legumes em pó, que era o meu preferido do time dos industrializados, mas por ser também rico em sódio e glutamato monossódico, resolvi preparar o meu próprio caldo em pó. Esta receita foi adaptada daqui.

CALDO DE LEGUMES EM PÓ

Ingredientes:
  • 1 colher (chá) de alecrim
  • 2 colher (sopa) de cheiro verde desidratado
  • 2 colheres (sopa) de cebola desidratada
  • 1 colher (sobremesa) de alho desidratado
  • 2 colheres (sopa) de tomate desidratado
  • 2 colheres (sopa) de cenoura desidratada
  • 1 colher (sobremesa) de aipo desidratado
  • 1 colher (sobremesa) de manjericão desidratado
  • 1 colher (chá) de louro em pó
  • 1 colher (chá) de  pimentão vermelho desidratado
  • 1 colher (chá) de pimenta do reino preta moída (não usei)
Modo de preparo: Triturar todos os ingredientes num pilão de cozinha ou bater no liquidificador ou processador até virar pó. Guarde num pote de vidro tampado.

Dicas da Si:
  1. Não esqueça de colocar a data de validade que deverá ser a mesma data do ingrediente usado no preparo que for vencer primeiro. No meu caso, o alecrim vai vencer primeiro (março/18), então, esta será a data de validade do meu caldo de legumes em pó.
  2. Aqui na minha cidade eu não encontrei os vegetais desidratados (aqui é difícil), a solução foi usar um pacotinho de mix de vegetais que achei no supermercado. Usei 1 pacotinho de 40g que continha: alho, cebola, cenoura, pimentão vermelho, salsa, tomate e alho poró.

Aventure-se a preparar os seus próprios temperos! Mesmo que você não seja alérgico à leite nem tenha intolerância à lactose, vale muito a pena deixar de lado os industrializados e ficar livre do sódio e do glutamato monossódico que não fazem nada bem para a saúde! 😉


Beijos e até a próxima!


7 comentários:

  1. A vida ensina... E até nas coisas mais básicas que por vezes nem nos lembramos, ao final, te deste conta de verificar. Que bom adaptaste tuas receitas e esses temperos são ótimos ,bem embalados e cuidados! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Adoro temperos! Também sou intolerante a lactose, mas não retirei do meu cardápio os derivados de leite, só procuro comer bem pouco. Leite eu já não gosto mesmo! Obrigada Sileni por passar no meu blog. Bom fim de tarde pra você.

    ResponderExcluir
  3. Hello, minha amiga querida!
    Há muitos anos que eu não sei o que é tempero pronto, tenho horror ao sódio
    e outros tipos de conservantes que eles colocam nos temperos.
    Amei as suas misturas, ficaram perfeitos, obrigada pela partilha!
    Agora vou lá outra sua postagem, que não posso perder, suas receitas são boas demais!

    Beijinhos no seu lindo ♥

    ResponderExcluir
  4. Oi Sileni
    Esses seus temperos ficaram da hora minha amiga
    E por serem naturais deixam os alimentos mais saudáveis e mais saborosos
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Que maravilha Sileni!
    Adorei, qro fazer!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida amiga Sileni!
    O único que não gosto é do cominho... pimenta do reino... pelo coração...
    Seja feliz e abençoada!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  7. Bem interessante estes temperos Sileni e fáceis de preparar.
    Boa dica que compartilho no Google+
    Valeu amiga copiei.

    Neste fim de semana fiz mais torresmos de pressão,kkkk usei a dica de ferver antes, porém não tinha vinagre, mas ficou crocante.
    Bjs

    ResponderExcluir

Queridos amigos, leitores e visitantes,
Sejam todos muito bem-vindos!!!
O seu comentário é de grande valia para o Vivendo e Aprendendo, por isso, peço a gentileza de deixar seu nome e um contato como e-mail, blog ou site para que eu possa agradecer e retribuir a sua visita.
Muito obrigada e volte sempre! ♥

PS: A PARTIR DE JANEIRO/2015 OS COMENTÁRIOS NÃO SERÃO MAIS RESPONDIDOS, SALVO QUANDO FOR PARA TIRAR ALGUMA DÚVIDA DAS RECEITAS AQUI POSTADAS.
GRATA PELA COMPREENSÃO! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
VIVENDO E APRENDENDO © Copyright 2012. Desenvolvido por Elaine Gaspareto